Brasil Offshore traz para Macaé 560 empresas do petróleo e gás

Petrobras confirma stand na área de exposição que receberá também rodada de negócios

Carretas começaram a descarregar ontem (13), no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, as estruturas que darão forma ao pavilhão de expositores, uma das mais tradicionais características da feira que promete dar início ao processo de restruturação econômica de Macaé e região, através de novos investimentos no mercado do petróleo.
Em sua nona edição, a Brasil Offshore trará para Macaé 560 empresas, nacionais e estramgeiras, que criarão o ambiente de negócios capaz de prospectar mais de R$ 250 milhões em investimentos que ajudarão a restruturar a cadeia produtiva de óleo e gás, diante de expectativas positivas quanto a nova guinada do setor do petróleo.
“Tudo está organizado e preparado para a realização da feira que promete dar o início da retomada do mercado do petróleo no Brasil. A nossa expectativa é muito grande para a geração de negócios que irão recompor cadeia produtiva instalada em Macaé e na região”, aponta o gerente de eventos da Reed Exhibitions Alcântara Machado, Daniel Pereira.
A montagem do pavilhão de expositores marca uma das partes mais importantes da Brasil Offshore, ao projetar a principal característica do evento: promover o encontro entre fornecedores e as maiores operadoras do petróleo no país e no mundo.
Com a previsão de visita de representantes das companhias “gigantes” do setor de óleo e gás, como a Shell, Baker Hughes, Subsea 7 e a própria Petrobras, a feira traz como uma nova característica a ampliação das rodadas de negócios, que ocorrerão dentro do pavilhão de expositores.
“Optamos por inserir no contexto da movimentação do pavilhão de expositores, a rodada de negócios e também a conferência internacional. Com isso, a feira ganha uma nova dinâmica técnica, envolvendo os três pontos centrais do seu objetivo”, apontou Daniel.
Nos próximos dias, tanto os stands das 560 empresas que irão participar como expositores, assim como os espaços de realização da rodada de negócios e da conferência internacional, serão montados em tempo integral. Neste ano, a feira contará com a maior estrutura de tendas do país, que criou o pavilhão externo, montado no estacionamento do Centro de Convenções.
“Estamos preparados para atender com qualidade e eficiência todo o público do setor de óleo e gás, do país e do mundo”, garantiu Daniel.
O Jornal O DEBATE é mídia parceira da 9ª edição da Brasil Offshore.
Números
560
Empresas estarão presentes no pavilhão de expositores da Brasil Offshore neste ano
50 mil
Pessoas devem passar pelo Centro de Convenções durante os quatro dias da Brasil Offshore
Fonte : O debate

Deixe seu comentário

comentários

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *